21 December, 2014

Última postagem

Gente, morri quando li uma matéria dizendo que a Bárbie tem um @ no Instagram para chamar de seu e postar fotos dos seus "looks do dia". Quando fiquei sabendo da noticía, sai correndo para descobrir mais sobre essa tal conta.
A conta é oficial @barbiestyle  foi criada pela Mattel (fabricante da boneca), se antenando com as novas tendências, a boneca agora é uma blogueira de moda, o mais cute de tudo é que a maior parte das fotos são tiradas pelo seu namorado Ken, o @ está aproveitando o embalo da glamourosa semana de moda de Nova York que acontece agora no inicio de Setembro, seguido de Londres, Milão e Paris. Os looks apresentados no Instagram da nova blogueira são criados pela Coach, dedicado ao público colecionador, cada look postado a conta da namorada do Ken, é disponibilizado no site para compra.

Confira alguns looks que eu selecionei da conta da loirinha:





Super curti essa nova fase da Bárbie, e voce, oque achou da novidade?

Até mais!!

A incrível geração de mulheres que foi criada para ser tudo o que um homem NÃO quer.


Às vezes me flagro imaginando um homem hipotético que descreva assim a mulher dos seus sonhos:
“Ela tem que trabalhar e estudar muito, ter uma caixa de e-mails sempre lotada. Os pés devem ter calos e bolhas porque ela anda muito com sapatos de salto, pra lá e pra cá.
Ela deve ser independente e fazer o que ela bem entende com o próprio salário: comprar uma bolsa cara, doar para um projeto social, fazer uma viagem sozinha pelo leste europeu. Precisa dirigir bem e entender de imposto de renda.
Cozinhar? Não precisa! Tem um certo charme em errar até no arroz. Não precisa ser sarada, porque não dá tempo de fazer tudo o que ela faz e malhar.
Mas acima de tudo: ela tem que ser segura de si e não querer depender de mim, nem de ninguém.”
Pois é. Ainda não ouvi esse discurso de nenhum homem. Nem mesmo parte dele. Vai ver que é por isso que estou solteira aqui, na luta.
O fato é que eu venho pensando nisso. Na incrível dissonância entre a criação que nós, meninas e jovens mulheres, recebemos e a expectativa da maioria dos meninos, jovens homens,  homens e velhos homens.
O que nossos pais esperam de nós? O que nós esperamos de nós? E o que eles esperam de nós?
Somos a geração que foi criada para ganhar o mundo. Incentivadas a estudar, trabalhar, viajar e, acima de tudo, construir a nossa independência. Os poucos bolos que fiz na vida nunca fizeram os olhos da minha mãe brilhar como as provas com notas 10. Os dias em que me arrumei de forma impecável para sair nunca estamparam no rosto do meu pai um sorriso orgulhoso como o que ele deu quando entrei no mestrado. Quando resolvi fazer um breve curso de noções de gastronomia meus pais acharam bacana. Mas quando resolvi fazer um breve curso de língua e civilização francesa na Sorbonne eles inflaram o peito como pombos.
Não tivemos aula de corte e costura. Não aprendemos a rechear um lagarto. Não nos chamaram pra trocar fralda de um priminho. Não nos explicaram a diferença entre alvejante e água sanitária. Exatamente como aconteceu com os meninos da nossa geração.
Mas nos ensinaram esportes. Nos fizeram aprender inglês. Aprender a dirigir. Aprender a construir um bom currículo. A trabalhar sem medo e a investir nosso dinheiro.  Exatamente como aconteceu com os meninos da nossa geração.
Mas, escuta, alguém  lembrou de avisar os tais meninos que nós seríamos assim? Que nós disputaríamos as vagas de emprego com eles? Que nós iríamos querer jantar fora, ao invés de preparar o jantar? Que nós iríamos gostar de cerveja, whisky, futebol e UFC? Que a gente não ia ter saco pra ficar dando muita satisfação? Que nós seríamos criadas para encontrar a felicidade na liberdade e o pavor na submissão?
Aí, a gente, com nossa camisa social que amassou no fim do dia, nossa bolsa pesada, celular apitando os 26 novos e-mails, amigas nos esperando para jantar, carro sem lavar, 4 reuniões marcadas para amanhã, se pergunta “que raio de cara vai me querer?”.
“Talvez se eu fosse mais delicada… Não falasse palavrão. Não tivesse subordinados. Não dirigisse sozinha à noite sem medo. Talvez se eu aparentasse fragilidade. Talvez se dissesse que não me importo em lavar cuecas. Talvez…”
Mas não. Essas não somos nós. Nós queremos um companheiro, lado a lado, de igual pra igual. Muitas de nós sonham com filhos. Mas não só com eles. Nós queremos fazer um risoto. Mas vamos querer morrer se ganharmos um liquidificador de aniversário. Nós queremos contar como foi nosso dia. Mas não vamos admitir que alguém questione nossa rotina.
O fato é: quem foi educado para nos querer? Quem é seguro o bastante para amar uma mulher que voa? Quem está disposto a nos fazer querer pousar ao seu lado no fim do dia? Quem entende que deitar no seu peito é nossa forma de pedir colo? E que às vezes nós vamos precisar do seu colo e às vezes só vamos querer companhia pra um vinho? Que somos a geração da parceria e não da dependência?
E não estou aqui, num discurso inflamado, culpando os homens. Não. A culpa não é exatamente deles. É da sociedade como um todo. Da criação equivocada. Da imagem que ainda é vendida da mulher. Dos pais que criam filhas para o mundo, mas querem noras que vivam em função da família.
No fim das contas a gente não é nada do que o inconsciente coletivo espera de uma mulher. E o melhor: nem queremos ser. Que fique claro, nós não vamos andar para trás. Então vai ser essa mentalidade que vai ter que andar para frente. Nós já nos abrimos pra ganhar o mundo. Agora é o mundo tem que se virar pra ganhar a gente de volta.


Por Ruth Manus

A peça queridinha da vez da estação Primavera - Verão 2014


As jardineiras foi  um dos hits das décadas de 80 e 90, e elas estão voltando novamente ao guarda-roupa feminino que permitem compor um look mais despojado ou mais arrumadinho. As jardineiras tem conquistado famosas como as atrizes Hollywoodianas Cameron Diaz e Jennifer Aniston e as cantoras Rihanna e Fergie. 
Para não errar na hora de montar o look, aposte nestas dicas:


  • Jardineiras com cropped (top curto)








  • Jardineiras com blusa regata
Nesse caso, as peças por si só já são muito chamativas, então evite excesso de acessórios.



  • Jardineiras com blazer
Muito Cool o efeito que o blazer causa em um look despojado.



  • Jardineiras com camiseta


  • Jardineira com Moletom
Esse caso é versátil pois é possível usar o moletom sob ou sobre a jardineira.



Outras sugestões da peça curinga da estação (Primavera - Verão 2014):







Para quem gosta de ousar, nos dias mais frios pode apostar em meia calça. As jardineiras estão liberadas para todas as mulheres, é só escolher um modelo que se adapte favoravelmente as suas curvas,para as mais cheinhas por exemplo, substitua o jeans por tecidos mais leves e soltos, porque o jeans tem a pegada mais justa ao corpo vai evidenciar a barriguinha, tudo oque agente não quer, certo?!

Resenha: Filtrum Ultra Seco (Filtro Solar Facial)

Porque não é só de maquiagem que vive a pele, é necessário alguns cuidados básicos para evitar um envelhecimento precoce da pele, e dentre esses cuidados básicos, está o filtro solar facial.


Hoje vou falar do filtro solar facial que tornou o meu queridinho. Sempre tive a pele oleosa, então estou na busca contante de produtos livres de Oil para tentar eliminar aquele brilhinho desagradável na pele, não há maquiagem que resita ou que fique bonita quando isso acontece.
Sempre estou buscando novidades na internet de produtos BBB (bom,bonito e barato) foi quando descobri o Filtrum ultra seco FSP30 e resolvi provar, acompanhe o post e veja oque achei.



Sobre o produto

FILTRUM ULTRA SECO é um protetor solar desenvolvido para uso diário em uma formulação com textura não oleosa, de rápida absorção e fácil espalhabilidade, indicado para pessoas com pele oleosa ou mista,não é comedogênico (não provoca cravos), não deixa resíduos oleosos, proporcionado toque seco e agradável.A presença de ingredientes emoliente e umectantes na formulação  confere capacidade hidratante. A ausência de fragrância e corantes permite seu uso em pessoas com sensibilização a esse componentes. Foi submetido a protocolos clínicos para avaliação de reações de irritação, sensibilização e comedogenicidade, que demonstraram a ausência de potencial irritante e alergia não ocasionou qualquer sinal ou sintoma de irritabilidade nos olhos, relacionado à sua aplicação.possui Fator 30 de Proteção Solar que oferece muito alta proteção contra queimaduras solares às peles extremamente sensíveis que sempre apresentam eritema, e Fator de Proteção UVA (PPD) de 11.Devido à exclusiva formulação,  impede que os raios solares (UVA e UVB) alterem o DNA das células, um dos fatores responsáveis pelo envelhecimento e danos à pele, reforçando assim o sistema de autodefesa ao DNA celular. Esta proteção é denominada Fator de Proteção ao DNA (FPDNA). possui FPDNA 42.

Modo de usar

Aplique todos os dias nas áreas expostas (face, pescoço e colo) sobre a área limpa e seca, espalhando uma quantidade generosa de maneira a formar um filme uniforme. Reaplique durante o dia se necessário (exposições intermitentes, após higienização), a fim de assegurar sua eficácia.

Opinião sobre o produto

O produto é bem consistente para conseguir espalhar por todo o rosto requer um pouco de calma, é impressionante o quão sequinho o produto fica na pele, a durabilidade na pele é boa, segura bem a maquiagem, claro que não faz milagre, dependendo do dia, se estiver muito calor, é necessário retocar o filtro solar. O intuito é criar uma película protetora na pele, então não precisa usar muito do produto para obter esse efeito, oque permite uma maior durabilidade do produto. Quanto ao valor, ele é bem acessível quando comparado com outros protetores solar de boa qualidade.
O preço médio do produto é de R$47,00


Isto é para as mulheres de 30 anos pra cima…
E para todas aquelas que estão entrando nos 30,
e para todas aquelas que estão com medo de entrar nos 30…
E para homens que têm medo de meninas com mais de 30!!!
“ A medida que envelheço, e convivo com outras,
valorizo mais as mulheres que estão acima dos 30.
Estas são algumas razões do porquê:
- Uma mulher de 30 nunca o acordará
no meio da noite para perguntar: “O que você está pensando?”
Ela não se importa com o que você está pensa,
mas se dispõe de coração se você tiver intenção de conversar.
- Se a mulher de 30 não quer assistir ao jogo, ela não fica
à sua volta resmungando.
Ela faz alguma coisa que queira fazer.
E, geralmente è alguma coisa bem mais interessante.
- Uma mulher de 30 se conhece o suficiente
para saber quem é, o que quer e quem quer.
Poucas mulheres de 30 se incomodam com
o que você pensa dela ou sobre o que ela esta fazendo.
- Mulheres dos 30 são honradas.
Elas raramente brigam aos gritos com
você durante a ópera ou no meio de um
restaurante caro. É claro, que se você merecer,
elas não hesitarão em atirar em você, mas só
se ainda sim elas acharem que poderão se
safar impunes.
- Uma mulher de 30 tem total confiança
em si para apresentar-te para suas melhores amigas.
Uma mulher mais nova com um homem tende a
ignorar mesmo sua melhor amiga porque ela
não confia no cara com outra mulher.
E falo por experiência própria. Não se fica
com quem não confia, vivendo e aprendendo né???
- Mulheres se tornam psicanalistas quando envelhecem.
Você nunca precisa confessar seus pecados
para uma mulher de 30. Elas sempre sabem….
- Uma mulher com mais de 30 fica linda usando
batom vermelho. O mesmo não ocorre com
mulheres mais jovens.
- Mulheres mais velhas são diretas e honestas.
Elas te dirão na cara se você for um idiota,
se você estiver agindo como um!
- Você nunca precisa se preocupar onde se
encaixa na vida dela. Basta agir como homem,
e o resto deixe que ela faça;.
- Sim, nós admiramos as mulheres com mais
de 30 por um “sem” números de razões.
Infelizmente, isso não é recíproco.
Para cada mulher de mais de 30, estonteante,
inteligente, bem apanhada e sexy,
existe um careca, velho, pançudo em
calças amarelas bancando o bobo para
uma garçonete de 22 anos.
Senhoras, EU PEÇO DESCULPAS:
Para todos os homens que dizem,
“porque comprar uma vaca se você pode
beber o leite de traça?”, aqui está a novidade para vocês:
Hoje em dia 80% das mulheres são contra
o casamento, sabe por quê?
Porque as mulheres perceberam que
não vale a pena comprara um porco inteiro
só para ter uma lingüiça. Nada mais justo.”




As pulseiras decenários são feitas com  fios, linhas ou cordas e tem 10 nós, dai o nome de Decenário (dezena) e uma cruz formando um pequeno rosário. Também são conhecidas como terço de linha.
As criadoras espanholas dizem que se inspiraram na cultura do Brasil para criá-los.
A moda é usar várias pulseiras de diferentes cores e não tem regras, podem ser usadas sozinhas ou com jóias.

Significado das cores:

  • Vermelho: paixão, emoção, ação ou amor
  • Azul: harmonia, afeto, amizade e fidelidade
  • Verde: esperança, natureza, juventude ou equilíbrio
  • Amarelo: prazer, vida plena, criatividade
  • Rosa: ingenuidade, bondade, ternura, bom sentimento
  • Laranja: festa, prazer, alegria
  • Branco: inocência, paz, infância, dvinidade, calma, harmonia
  • Preto: seriedade, nobreza
  • Violeta: calma, autocontrole, dignidade
  • Cinza: modernidade

Nos Estados Unidos e na Europa essas pulseiras viraram epidemia. Fizeram  também a cabeça de famosas como Barbara Evans (modelo), Adriana Santana (Ex-BBB) e a musa Shakira.























Para quem gosta, na internet há vários vídeos que ensinam a fazer essas pulseiras.


Pulseirismo 
O mix de pulseiras permite a mistura e combinações de pulseiras que deixam seu look mais moderninho, para incrementar ainda mais o visual é legal misturar as pulseiras decenários com outros tipos de pulseiras.

A ideia é misturar cores, texturas, materiais, espessuras e estilos. Inclusive a mistura de banhos está super em alta. Você pode misturar dourado com prata, com rosê, sem preocupação. Outra dica é abusar do estilo hi-lo, que é misturar peças mais sofisticadas com peças simples, de estilos opostos. A mistura de pulseiras com relógio também cria uma ótima composição.
Consultora de imagem e estilista Cristina Rocha